Marcelo Blume
Pensamentos se transformam em atitudes
05/08/2022 13:50
Foto: Reprodução

Os locais, os convívios, os diálogos determinam boa parte dos sentimentos das pessoas e sabemos que o comportamento, por sua vez, é altamente influenciado pelos sentimentos. Assim, os pensamentos determinam boa parte do que se vive.

O que se ouve, assiste, lê, vive, influencia na forma de pensar e agir de todas as pessoas, pois ninguém consegue separar os seus pensamentos, de suas atitudes. Os pensamentos, de uma forma ou outra, consciente ou inconscientemente determinam as vivências, as ações, o comportamento de cada um de nós. Este conceito está bem retratado no livro “O segredo mais estranho”, de Earl Nightingale, onde os resultados das pesquisas mostram o segredo de uma atitude mais positiva afirmando que: “nós nos tornamos o que pensamos ser”.

Quer mudar uma parte da sua vida? Então, comece por mudar parte de seus pensamentos, pois sem que você perceba eles começarão a se transformar em atitudes e comportamentos que podem gerar as mudanças que você quer. Mudar a forma de pensar, ou até mesmo o modelo mental, exige disciplina, com dedicação e prática diária.

Os seus hábitos impedem reações, atitudes, pensamentos diferentes e mais benéficos para a sua vida? Jefrey Gitomer, conhecido autor recomenda alguns exercícios com os seguintes pensamentos:

1- Quando algo dá errado, lembre-se de que é provável que a falha pode ser sua de alguma forma. Ou seja, o primeiro pensamento a mudar é parar de culpar os outros.

2- Você sempre teve e segue tendo opções;

3- Se você acha que está tudo bem, está... Se você acha que não está bem, não está;

4- Ignore as notícias inúteis, trabalhe num projeto que valha a pena, faça um plano ou algo para melhorar a sua vida;

5- Procure ler apenas livros, histórias e matérias com mensagens positivas;

6- Quando você enfrenta um obstáculo, ou algo dá errado, procure identificar as oportunidades parcialmente ocultas;

7- Ouça vídeos, áudios, palestras, seminários sobre hábitos e atitudes;

8- Avalie bem antes de seguir os pensamentos daqueles que dizem que não é para você, que não é para este lugar, que não é possível, ou que não é a hora;

9- Analise a sua linguagem, vendo se não está meio chata, vazia, negativa...;

10- Habitue-se a falar os motivos pelos quais você gosta das coisas, das pessoas, do emprego e da família e não o porque não gosta;

11- Ajude os outros sem esperar nada em troca e sem fazer comparações;

12- Quanto tempo você fica de mau humor? Se passar de alguns minutos, algo está errado!

Uma boa disciplina nos pensamentos pode mudar significativamente as atitudes, o comportamento, e com isso mudanças bem práticas que podem melhorar paulatinamente o dia a dia e o futuro.

Convivo com muita gente que reclama de falta de tempo para fazer coisas melhores para sua vida e quando alguém me pede conselhos a respeito recomendo que troquem 1 hora por dia em que assistem telejornais e/ou novelas, ou, 1h hora nas redes sociais, sendo que ao final de 1 ano há 15 dias de 24h inteiros ou 30 dias de 12h de trabalho, para fazer algo positivo, construindo o futuro da melhor forma. A cada minuto, cada hora, cada tempo nas redes sociais, ou a frente da TV é de livre opção e escolha de cada um de nós, evidentemente, assim como a mudança da forma de pensar e se relacionar com a vida.

A mudança de 1 hábito já abre um espaço enorme, por vezes até mais do que o necessário, para realizar aquilo vem sendo adiado por falta de “tempo”. Acredite: após perceber os efeitos da mudança de 1 hábito, será possível imaginar o impacto da mudança de mais um ou outro hábito. Não é preciso mudar tudo, pois 1 ou 2 hábitos podem fazer muita diferença na vida de cada um de nós e de quem está conosco.

Um abraço e até a próxima!

Autor: Marcelo Blume

Fonte: Rádio Fronteira Missões

Mais notícias - Marcelo Blume