Envie agora seu recado!

200
caracter(es) restante(s)

Notícias

Atividades realizadas a distância com alunos do Colégio TBG abordam sobre lixo na comunidade santo-antoniense
22 de maio de 2020 às 10:52
Atividades realizadas a distância com alunos do Colégio TBG abordam sobre lixo na comunidade santo-antoniense
(Foto: Reprodução | Internet)

Nilson Camargo, professor de química, física e ciências, do Colégio Tolentina Barcelos Gonçalves de Santo Antônio das Missões, participou do programa Conversa Aberta desta sexta-feira, dia 22, detalhou algumas temáticas que foram abordadas com os alunos nas atividades a distância.

Nilson comenta que solicitou para uma turma a elaboração de textos sobre os lixos recicláveis, bem como, o lixo na comunidade de Santo Antônio das Missões, como uma forma dos jovens pensar sobre estes temas, mas também refletir sobre a situação do lixo na comunidade onde estão inseridos, porque é comum se ver resíduos descartados nas ruas, pátios, no entorno de lixeiras na cidade.

O professor enfatizou a importância dos jovens se conscientizarem sobre o assunto, pois, o lixo é gerado por cada pessoa diariamente, o que os faz responsáveis pelos lixos que produzem, e consequentemente, exige alguns cuidados e mudanças de hábitos.

Nilson destacou algumas ações realizadas por ele e que podem ser adotadas pelas pessoas da comunidade, sendo, levar sacolas reutilizáveis no momento que vai em uma loja ou mercado para evitando retornar para casa com muitas sacolas plásticas, reutilizar os resíduos orgânicos através de compostagem para adubar um jardim ou uma horta, fazer limpezas rotineiras nos pátios, para não deixar acumular “capoeira”, e para que outros lixos não se acumulem e virem um depósito de água para criação de mosquitos da dengue, assim como, cuidar para não descartar itens domésticos (móveis e eletros) que ainda podem ser aproveitados através de doações para pessoas que precisam.

Ressaltou ainda o quão importante e necessário é a realização da separação dos resíduos, pois, assim estarão fazendo sua parte e colaborando como meio ambiente, a estética da cidade e com o trabalho dos coletores.

 

Por Jéssica Ourique

Fonte: Rádio 89,1 FM