Envie agora seu recado!

200
caracter(es) restante(s)

Notícias

Multas poderão ser aplicadas para quem descumprir o decreto municipal de Santo Antônio das Missões
25 de março de 2020 às 10:52
Multas poderão ser aplicadas para quem descumprir o decreto municipal de Santo Antônio das Missões
(Foto: Arte/Eliara Cruz)

O prefeito e presidente da AMM, Puranci Barcelos dos Santos, participou do Programa Conversa Aberta da Rádio 89 FM desta quarta-feira, dia 25, falando sobre o encontro que foi realizado na tarde da última terça-feira, dia 24, com representantes do 2º Regimento de Cavalaria Mecanizado de São Borja. Esteve participando deste encontro na Sala de Reuniões da prefeitura, o prefeito Puranci Barcelos, Secretária de Saúde Arriete Pereira e o Secretário da Fazenda Gederson Ortiz Ribeiro.

Primeiramente o prefeito falou sobre o pronunciamento do Presidente da República Jair Messias Bolsonaro na noite de ontem em rede nacional de rádio e TV, momento em que ele pediu a reabertura do comércio e escolas e fim do 'confinamento', Puranci disse parecer ser uma espécie de brincadeira, pois os estados e municípios vêm seguindo orientações do próprio Governo Federal através das recomendações do Ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta de manter o isolamento social e realizando decretos municipais.

Puranci disse que a partir de agora será momento de discussões, contatos e definições sobre o que realmente vai acontecer após o pronunciamento do presidente, porém, O prefeito frisou que o decreto municipal continua valendo até que se definam os próximos passos do Governo Federal e Estadual.

Seguindo as medidas de prevenção da propagação do Covid-19, Puranci disse que está sendo realizado o estudo para encorpar no decreto municipal multas para quem descumprir as orientações que estão expostas no mesmo.

Questionado sobre o encontro que foi realizado na tarde de ontem com o Exército Brasileiro de São Borja, Puranci relatou que através da Secretaria de Saúde foi solicitado um apoio para o Exército nas atividades de prevenção ao coronavírus no município. A Secretária de Saúde, Arriete Pereira, juntamente com o administrador apresentou ao exército plano de contingência. Após conhecer as estratégias, o que já foi realizado e o que vem sendo feito para coibir a propagação do vírus, o Tenente Coronel André Marcelo Warol Porto Rodrigues e Major Leonardo Morrudo Babot se colocaram à disposição, porém ele disse que o município está bem organizado com o plano de trabalho da prevenção e no momento ainda não é necessário a corporação atuar na cidade.

Sobre a polêmica e reclamações por parte da comunidade relacionadas às pessoas que chegam e saem da cidade, Puranci disse que as medidas que cabem a administração foram tomadas e estão sendo feitas, mas ressaltou que dentro da lei o município não pode impedir o deslocamento de qualquer cidadão, o que já foi explicado pelo Governador Eduardo Leite, e que apenas os municípios têm o dever de orientar, e claro, as pessoas também fazerem sua parte na prevenção.

O prefeito fez um agradecimento para a comunidade por estar respeitando as medidas de prevenção e solicita que continuem se protegendo a si e as pessoas do seu convívio, bem como a sociedade em geral.

Ainda, Puranci disse ser impossível impedir uma crise na economia, mas o momento que o mundo vive é de preservar a vida de todos, e incentiva os comerciantes do município a usarem as ferramentas das tecnologias para oferecer o produto e vender.
 

Por Alcides Machado

Fonte: Grupo Fronteira Missões